Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BOLERO, música romântica e sensual

por ciprianoalves, em 05.01.17

O bolero é um ritmo, com origem em  Cuba que mistura raízes espanholas com influências locais de vários países hispano-americanos. Apesar de nascer em Cuba, tornou-se também bastante conhecido como canção romântica mexicana.O ritmo foi-se modificando, tornando-se mais lento e desenvolvendo especialmente temas mais românticos. Têm tradição no bolero os seguintes países: Cuba, Porto Rico, República Dominicana, Colômbia, México, Peru, Venezuela , Uruguai, Argentina e Brasil. 

Resultado de imagem para dançar bolero

Dançar o Bolero

Foto: Kaentrenós

O primeiro bolero surgiu na data de 1883, na voz do cubano José Sanchéz. Posteriormente o estilo também fez muito sucesso no México e depois por toda a América Latina. Sabe-se que o bolero influenciou o samba-canção, mambo (bolero-mambo), o chá-chá-chá e a salsa. Na República Dominicana, surgiu, na década de 1960, uma variante do bolero chamada bachata.

Imagem relacionada

Ritmo quente e contagiante, o bolero tem enchido as salas de baile e as festas com os seus acordes românticos desde o fim do século XIX. Mas afinal de onde vem o bolero, como evoluiu, quais as alterações por que tem passado e quais os seus principais sucessos nas danças de salão? Neste artigo vamos aprender isso e abordar algumas curiosidades interessantes sobre este tipo de música.

 

Origem do bolero

Existem várias correntes de opinião sobre a origem do bolero. Segundo alguns historiadores o bolero teria tido origem na Europa, em Espanha, durante o período do domínio árabe, no século X. Nesta altura seria conhecido como “bolero de Algodre” e seria destinado a ser dançado por um homem e duas mulheres, em passos de dança sóbrios e elegantes dentro de uma toada religiosa.

Resultado de imagem para dançar bolero

Outros estudiosos admitem que o bolero possa ter nascido na Europa e ter sido depois levado para a América, em especial Cuba, aonde se teria misturado com ritmos africanos. Dentro dessa tendência encontram-se menções a um dançarino de nome Sebastian Lorenzo Cerezo que teria sido o primeiro criador de uma nova dança chamada bolero.

 

Outras vozes defendem que o bolero nasceu em Santiago de Cuba, em 1883/85, pela voz do cubano José Pepe Sanchez na canção “Tristezas”, tendo alcançado êxito no México e depois em toda a América Latina. 

 

Uma coisa parece ser certa, qualquer uma das hipóteses aventadas sobre a origem do bolero reconhece que tanto a dança, quanto o ritmo da música se alteraram desde a sua origem até aos dias de hoje, e admitem a possibilidade de terem inicialmente coexistido diversos tipos de bolero, e não apenas um. O que uniria os diversos tipos de bolero poderia eventualmente ser os discursos poéticos que partilhavam entre si.

Resultado de imagem para dançar bolero

Chegado ao Brasil o bolero encontrou aceitação quase imediata e depressa se misturou com os ritmos quentes africanos e com o samba, adquirindo uma nova vertente muito brasileira de ser cantado e dançado.

 

 Evolução e alterações do bolero

O bolero tornou-se na canção romântica mexicana por excelência. Passou de um ritmo ternário para um compasso binário e quaternário, tendo sido por consequência alterada a forma de dançar o bolero, bastante distinta daquela que se praticava aquando na sua origem. 

 

Originalmente dançado com movimentos suaves, o bolero passou depois a ser executado em passos mais ritmados e eventualmente mais rápidos. A nível das letras os boleros mantiveram-se fiéis a si mesmos prosseguindo na senda dos temas de amor-ódio, felicidade-êxtase, incerteza-desespero. Os temas das letras dos boleros seriam comuns tanto em Cuba quanto no México, Porto Rico e Republica Dominicana, países onde este género de música se difundiu intensamente. 

Resultado de imagem para dançar bolero

A junção com os ritmos próprios de cada país onde se difundiu levou a que o bolero tenha evoluído de forma diferente conforme o lugar onde era interpretado.Com o passar do tempo o bolero procurou chegar a uma maior quantidade de público tendo cuidado de melhorar o seu nível linguístico, passando a ser cantado com palavras mais cultas e melhor elaboradas.

 

Os temas da inconformidade e da saudade vieram juntar-se aos tradicionais assuntos abordados nos boleros, e as evoluções ao nível do ritmo e da dança contribuíram em muito para que esta música se tivesse mantido sempre moderna e atual.

 

Principais sucessos 

O primeiro grande sucesso conhecido no bolero foi em 1885, em Cuba, quando José Pepe Sanchez interpretou o tema “Tristezas”.

 

Em 1929 “Aquellos ojos verdes”, do cubano Nilo Menéndez tornou-se o primeiro bolero a alcançar sucesso internacional.

 

Também de 1929 é o internacionalmente conhecido bolero “Quiéreme mucho”, de Gonzalo Roig.

 

Na década de 40 surgiu o tema “Toda una vida”, do compositor Oswaldo Farrés, numa época em que o bolero já se tinha imposto em Cuba.

 

Em 1946 Bobby Collazo cria La última noche” que vem a ser cantado por Pedro Vargas.

 

Na mesma época Isolina Carrillo compõe o bolero “Dos gardénias” onde se estreia o cantor Daniel Santos.

 

No final dos anos 40 Armando Manzareno cria entre outros grandes êxitos os boleros “Contigo aprendi”, “Adoro” e “Esta tarde vi llover”.

 Dos anos 40 até aos dias de hoje diversos boleros têm sido criados, e muitos êxitos têm acontecido, tendo surgido novos nomes e novos valores que não deixam esmorecer o amor pelo bolero e pelos sentimentos nele expostos.

 

Convém citar a título de exemplo o brasileiro considerado no seu país como “o rei do bolero” Lindomar Castillo, que na década de 70 seduziu o mundo com o bolero “Você é doida demais”. 

Curiosidades interessantes 

Sabia que muito embora não se tenha a certeza absoluta sobre qual a nacionalidade de origem do bolero, Cuba é internacionalmente conhecida como a “mãe do bolero”?

 

E que o bolero é aclamado como sendo a música rainha das danças de salão?

 

Tem conhecimento de que para algumas pessoas a origem da palavra “bolero” está no termo volero (voar) inspirado no movimento que as dançarinas faziam ao rodopiarem os seus vestidos ao som da música?

 

Está informado sobre como se dançava originalmente o tango? Era dançado ao som de castanholas, violão e pandeiro, enquanto o casal de dançarinos dançavam sem se tocarem, por entre movimentos sensuais de aproximação e afastamento.

 

Acredita que o bolero tem patrocinado a aproximação de muitos casais um pouco por todo o mundo? E que muitas brigas e desavenças se têm resolvido ao som de um bolero?

O bolero é uma das músicas mais românticas e sensuais do mundo, convidando a dançar e a sonhar. Envolvido em mistério desde a sua origem, o bolero é hoje em dia um dos sons mais apreciados por casais românticos e é dos ritmos mais procurados e dançados em salões de baile.

 

Nota: Textos e imagens e vídeos retirados através de pesquisa na internet

Fonte: Wikipédia; passobase

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:26




Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Visitas


Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D